A barata é um dos insetos que mais causa repulsa nas pessoas. Isso se deve pelo fato delas serem nojentas e assustadora para os seres humanos.

Mas afinal, o que e para que servem as baratas?

São insetos da ordem Blattodea, com mais de 4.600 espécies descritas. São um grupo diverso e cosmopolita, encontrados em quase todos os cantos do planeta, exceto na Antártida.  A alimentação é variada. As baratas são insetos onívoros, ou seja, comem qualquer coisa, tendo principal atração por doces, alimentos gordurosos e de origem animal. Uma curiosidade é que podem viver uma semana sem beber água, até um mês sem comer e também semanas sem a cabeça. 

Apesar de serem frequentemente vistas como pragas indesejáveis, as baratas desempenham um papel importante no equilíbrio ecológico e possuem alguns benefícios para o meio ambiente.

Um dos papeis fundamentais das baratas é a decomposição, elas são  onívoras, ou seja, se alimentam de uma grande variedade de materiais orgânicos, incluindo restos de comida, folhas em decomposição, animais mortos e até mesmo fezes. Ao consumir esses materiais, elas contribuem para a decomposição da matéria orgânica, liberando nutrientes que são importantes para o solo e para as plantas.   Essa decomposição também ajuda a reduzir a quantidade de lixo no meio ambiente.

Mas é importante lembrar que nem todas as baratas são pragas.

Existem muitas espécies de baratas que vivem em ambientes naturais e não representam perigo para os humanos. As baratas que geralmente causam problemas em nossas casas são apenas algumas espécies que se adaptaram à vida urbana e se beneficiam da nossa falta de higiene. No entanto, é importante controlar as populações de baratas em nossas casas para evitar problemas como doenças, contaminação de alimentos e danos a propriedades.

Saber como as baratas se reproduzem e se desenvolvem ajuda a identificar os pontos fracos da população e escolher os métodos de controle mais adequados. Cada espécie de barata possui características e hábitos específicos, o que influencia na escolha do método de controle. A prevenção é a melhor forma de combater as baratas. Mantenha sua casa limpa e livre de atrativos para esses insetos.

E para evitar que as baratas invadam nossas casas, alguns cuidados são necessários:

Limpeza: Mantenha sua casa limpa e livre de restos de comida, migalhas e outros detritos que atraem as baratas. Lave os pratos logo após as refeições, limpe as mesas e balcões com frequência e varra ou aspire o chão todos os dias.

Eliminação de abrigos: Elimine os esconderijos das baratas, como caixas de papelão, pilhas de roupas, objetos desnecessários. Feche rachaduras e frestas nas paredes, rodapés e portas para impedir a entrada das baratas em casa.

Controle da umidade: Conserte vazamentos de água e mantenha a umidade baixa em áreas como cozinhas, banheiros e porões. As baratas gostam de ambientes úmidos para se proliferar.

Lixo: Mantenha o lixo bem fechado em recipientes vedados e limpe regularmente o local onde ele é armazenado.

Armadilhas: Utilize armadilhas caseiras com iscas atraentes, como manteiga de amendoim, frutas ou cerveja. 

Plantas repelentes: Cultive plantas com cheiro forte que as baratas repelem, como hortelã-pimenta, louro, alecrim e citronela.

Diátomo: Espalhe terra de diátomo nos cantos e locais onde as baratas costumam aparecer. Essa substância fina corta as patas das baratas e as desidrata, levando-as à morte.

Ácido bórico: Misture ácido bórico com açúcar e água, formando uma pasta. Aplique a pasta em pontos estratégicos da casa. As baratas são atraídas pelo açúcar e ingerem o ácido bórico, que é tóxico para elas.

Existem várias outras opções de remédios para acabar com baratas, além das citadas acima. A escolha do melhor método dependerá da gravidade da infestação.

Existem diversas iscas para baratas no mercado, tanto em gel quanto em pó. As iscas contêm um atrativo que atrai as baratas e um inseticida que as mata.

Os inseticidas em spray também são uma maneira rápida e eficaz de matar baratas. No entanto, é importante usá-los com cuidado, seguindo as instruções do fabricante e tomando precauções para evitar a exposição ao produto.

Existem também as bombas de inseticidas que liberam uma névoa fina que mata as baratas em todos os cantos da casa. No entanto, é importante usar esse método apenas em casos de infestação grave, pois as bombas de inseticida podem ser prejudiciais à saúde humana e animal.

Se a infestação for muito grande ou persistente, procure um profissional de controle de pragas. O profissional irá avaliar a situação e indicar o melhor método de controle para o seu caso, utilizando produtos e técnicas adequadas para eliminar as baratas de forma segura e eficaz.

As baratas são portadoras de diversas doenças que podem ser transmitidas aos humanos através do contato direto com os insetos ou com suas fezes. 

Algumas das doenças que as baratas podem transmitir incluem: 

Diarreia: Causada por bactérias como Salmonella e Shigella, que podem ser encontradas nas fezes das baratas.

Hepatite A: Uma doença viral que pode causar danos ao fígado.

Asma e alergias: As proteínas presentes nas fezes e na saliva das baratas podem desencadear crises de asma em pessoas sensíveis e causar alergias.

Tuberculose: Em casos raros, as baratas podem transmitir a bactéria da tuberculose para os humanos.

Além de serem prejudiciais à nossa saúde, as baratas podem roer diversos materiais, como por exemplo, madeira, papel, tecido e plástico. Além de causarem danos a móveis, roupas, livros e outros itens da casa. Em casos extremos, as baratas podem até mesmo danificar a fiação elétrica, o que pode levar a curtos-circuitos e incêndios.

Portanto, não deixe que as baratas existam na sua casa, combata-as antes que elas causem algum dano seja ele um dano pessoal ou um dano material, não exite em resolver esse problema antes que seja tarde.

You May Also Like